terça-feira, 3 de abril de 2007

Arquivo ressuscitado

Publico meus calunguinhas na imprensa desde 1989 e volta e meia me perguntam por que não faço blog. Questão de educação, mamãe me ensinou a não fazer essas coisas em público, porém, (ai!) porém... Corrompido pelas circunstâncias, capitulo e boto minha labuta na rede. Só de charges já fiz mais de 5.000 (profissionalmente, viu, Romário). Quase todas acumuladas num arquivo (cor prata, quatro gavetões, produtos IMAN, Rio) que pretendo doar à ciência para estudos sobre a teoria do caos. Visto que essa moda de internet deve durar mais alguns anos, já é hora de virtualizar parte desta papelada. Pra começo de desova vão aí alguns desenhos sobre um tema recorrente. Foram publicadas no jornal Extra, onde estou desde a primeira edição.

30/11/2003
27/07/2005
10/01/2004
07/04/2005
17/05/2000

08/09/2003

18/11/2005

19/04/2005

02/01/2005

27/02/2005

30/09/2003

27/11/2003

31/03/2007

2 comentários:

renata disse...

oi leo,
adorei seu blog, já tá nos meus favoritos d quadrinhos (só faltava vc p completar a formação com o mau humor, os malvados e o talk to himself ;-)
essas charges tão do cacete, além da graça admiro muito a ousadia - bem diferente das charges de outros jornais, que não costumam ter nem uma nem outra.
parabéns e um beijão
renata

Leonardo disse...

É vc, Renatinha?