terça-feira, 12 de maio de 2009

ódio produtivo


Claro que não é só o tráfico que se beneficia com a proibição das drogas. Taí a marcha da maconha vendendo camiseta e pedindo doações em prol do contrário. O problema do debate sobre a legalização é que tanto os discursos dos prós quanto o dos contras acabam se nivelando pela hipocrisia e estupidez.
Nada contra a maconha(cânhamo, monhaca, camonha que seja), no tal "mundo das drogas" minha pior experiência foi com os maconheiros organizados. Censura, porca e patética mas o pior foi saber por último. Assim, movido pela raiva e com sede de vingança rabisquei várias páginas para a lendária Tarja Preta#6. Isso foi há dois anos e já que a Tarja 6 continua uma lenda vou aproveitar a ocasião (parece que maio é o mês da maconha) para despejar aqui uma parte do material.

12 comentários:

Der Hexenhammer disse...

O pior de tudo é que a maconha é menos nociva que o cigarro comum e o café, embora atrapalhe o rendimento.

Dá uma olhada nesse gráfico que eu coloquei neste post:

Maconha comparada com outras drogas lícitas e ilícitas.As informações são bem interessantes.

PS: Não, eu não fumo maconha. Fumo cigarro normal, para meu azar.

SL disse...

Genial cara, tenho que concordar que o problema com a maconha são os próprios maconheiros. Ô povo chato com argumentos ralos, viu.

Belo trabalho, como sempre. Não sei se você já ouviu isso, mas você é foda, Leonardo, um dos melhores chargistas brasileiros. Atualize sempre que puder.

FernandoJS disse...

Caramba, muito bom!!!

Melhor tirinha que já vi na vida...uhauauhauh

já escutei muito papo de maconheiro, no final só querem encinerar tudo.

Vitor disse...

Gostei cara! Muito bom! Continue postando!

Leonardo disse...

Pois é, meu caso também é com a nicotina e pro meu azar toda essa histeria antitabagista acabou reforçando a relação. Amante perversa e vulgar, mas como abandoná-la assim por maledicência de terceiros? Dilema pessoal e aos passivos agressivos eu aviso que compenso não sendo proprietário de automóvel.
Convertido num hipotético mercado de carbono individual me sobra crédito pra queimar.
Maconha é pra batucar bongô, contemplar pôr-do-sol, ver TV... é um ótimo antídodo para o raciocínio lógico e deveria ser louvada justamente por isso. O que não é desculpa e sim agravante à falta de nexo do discurso canabista.
Apesar de mim mesmo vou tentar manter isso aqui respirando.
No mais sou só obrigados.

Gabriel Renner disse...

muito bom, cara, neguinho fechando baseado de bosta de cavalo´matou a pau!

Gabriel Renner disse...

maconheiro mala é a pior droga

Viva La Brasa disse...

Acho que os maconheiros do Rio deviam fazer uma marcha pró lançamento da Tarja #6, quem sabe assim as "autoridades competentes" (Matias e Juca) se sensibilizam c/ a comunidade...
No mais (ou no menos), genial como sempre.

Gabriel Resgala disse...

Café pior que maconha?? bem, pelo menos o café permite que você trave uma conversa normal com quem usa... rsrs...

Muito boas as charges!! abraço!

KADAVER disse...

COMUNISTAS ATACADORES DA LIBERDADE INDIVIDUAL!!! VOCÊS NÃO PERDEM POR ESPERAR!!!!!!!

Gregs disse...

Nossa, que conservadorismo barato esse!

Tudo bem que tem muito maconheiro imbecil desse jeito, claro. Afinal todo estereótipo tem alguém que se encaixe nele.

Mas puta que o pariu, vc já leu algo sobre a política de redução de danos (que a marcha usa mas não inaugurou)?

Me desculpe, adoro seu trabalho e suas críticas, mas achei esses últimos muito tolinhos.

Anônimo disse...

Ah, vi esse trabalho na Tarja 6! Duvidou por um momento, né? hehehe

Não sei quais papos de maconheiro q vc anda ouvindo, mas ainda não ouvi um decente a favor da política de proibição do jeito que esta sendo nas últimas décadas...